Skip to content

Black Friday: Guia completo para vender mais no seu e-commerce

Quer saber como aproveitar a Black Friday para criar uma campanha e vender mais no seu e-commerce?

A data mais importante do calendário comercial para o comércio eletrônico costuma gerar altas expectativas tanto para os consumidores quanto para os lojistas.

Por essa relevância é preciso começar a planejar com antecedência as estratégias de vendas que serão utilizadas para alavancar a venda neste período, pensando desde a preparação da loja, como estoque e logística, até as campanhas de marketing para atrair os consumidores

Neste guia completo sobre Black Friday você irá aprender a preparar sua loja virtual para aproveitar todas as oportunidades da Black Friday e vender muito mais.

Vem com a gente!

O que você irá encontrar neste guia:

O que é a Black Friday?

A Black Friday surgiu nos Estados Unidos como uma data de abertura para as compras de Natal, que acontece sempre no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, onde o comércio oferece descontos atrativos.

No calendário comercial brasileiro a Black Friday é a data mais importante do ano para quem trabalha com vendas online, tendo sido responsável, em 2022, por movimentar R$6,1 bilhões, segundo levantamento feito pela Neotrust.

Nesta data, os consumidores estão buscando as melhores ofertas para realizar suas compras, seja para já adiantar os presentes de Natal ou para comprar aquele produto que estava na lista de desejo há tempos.

Quando é a Black Friday?

A Black Friday acontece sempre na última sexta-feira de novembro. Em 2023, a data cai no dia 24 de novembro.

Além de ofertas na sexta-feira, muitas lojas aproveitam essa data comercial para estenderem as promoções para a semana ou para o mês de novembro, criando suas próprias campanhas de Black Friday e aumentando ainda mais as vendas.

Por que a Black Friday é importante para o comércio eletrônico?

Como vimos, a Black Friday é uma data que movimenta tanto os lojistas quanto os consumidores, sendo uma ótima oportunidade para atrair novos clientes, vender mais e ainda trazer reconhecimento para a sua marca.

Em pesquisa com os e-commerces que utilizam o aplicativo SuperFrete, 82% dos empreendedores informaram que pretendem fazer ações de Black Friday em suas lojas em 2023.

tendencias-black-friday-2023

Ainda, segundo o relatório de Black Friday 2023 feito pela Olist, 55% dos lojistas têm como principal objetivo para a data aumentar o faturamento.

Além disso, girar o estoque e ganhar reconhecimento de marca foram outros dos objetivos citados pelos entrevistados.

Como foi a Black Friday em 2022?

Em 2022, a Black Friday brasileira passou despercebida para muitos consumidores por conta da Copa do Mundo, que aconteceu no mesmo período.

De acordo com um levantamento da Neotrust, no período de quinta-feira, véspera da Black Friday, até as 19h da sexta feira de Black Friday, as vendas caíram mais de 30% em comparação a 2021. O faturamento também sofreu uma queda de 23% comparado ao ano anterior.

Essa foi a primeira vez, desde o início da Black Friday no Brasil em 2010, em que houve uma queda nas vendas online do período.

Apesar da queda significativa no dia da Black Friday, segundo a Ebit, que mede a reputação de lojas virtuais, o desempenho no acumulado do mês sofreu queda de apenas 1% quando comparado com os mesmos 25 dias de novembro de 2021.

Quais as expectativas para 2023?

As expectativas para a Black Friday 2023 são bastante positivas. A previsão de faturamento para o e-commerce no período é de mais de R$ 85 milhões e ticket médio das vendas em R$470 conforme dados divulgados pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Ainda, segundo dados do panorama do consumo na Black Friday 2023 divulgado pela Globo, as intenções de compra são boas, com 62% dos entrevistados das classes econômicas A e B afirmando que pretendem fazer compras durante a data.

Além disso, a pesquisa também aponta que o cenário econômico traz perspectivas de melhorias, onde 60% dos entrevistados de todas as classes acreditam que suas condições financeiras irão melhorar durante o segundo semestre de 2023.

Com relação a intenção de gastos, segundo o relatório da Olist, quase 50% do público entrevistado pretende gastar mais de R$ 500 durante o período de promoções.

Entre os lojistas, o cenário para a Black Friday em 2023 também é bastante otimista. Dos entrevistados pela Olist, 68% esperam faturar mais este ano do que em 2022.

👉 Saiba mais: Black Friday 2023: o que você precisa saber para seu e-commerce

Por onde começar a preparar minha loja virtual para a Black Friday?

Depois de saber as expectativas para a Black Friday em 2023, você já percebeu que ela é uma grande oportunidade para alavancar as vendas do seu e-commerce.

Mas, por onde começar a preparar sua loja virtual para essa data comercial?

Em pesquisa com os e-commerces do aplicativo SuperFrete, os lojistas relataram que suas principais dificuldades para preparar uma campanha para a Black Friday 2023 são diminuir o valor do frete (70%), atrair mais clientes para a loja (47%) e fazer a divulgação dos produtos (29,5%). 

black-friday-ecommerce-2023

Existem várias etapas importantes que você deve considerar na hora de se preparar para a Black Friday, que vão desde o planejamento da campanha e promoções, passando pela infraestrutura do negócio, as estratégias de atração e marketing e, claro, as estratégias de fidelização para potencializar os resultados.

Continue a leitura para saber como preparar cada um desses itens.

Planejando uma campanha de Black Friday para sua loja virtual

Desde a definição do início da campanha, objetivos e promoções até a elaboração das estratégias para atrair novos clientes e aumentar o faturamento são etapas cruciais para garantir o sucesso da sua campanha de Black Friday.

Confira as dicas a seguir para iniciar o seu planejamento.

Defina data de início e término da sua campanha

É possível tanto trabalhar com promoções exclusivamente na última sexta-feira de novembro como começar a sua campanha já no início do mês, aumentando o tempo de ofertas.

Independente de qual período você decida para a sua campanha, definir uma data para início e término é fundamental.

Esse período definido impacta em vários aspectos cruciais, como o gerenciamento do estoque, a necessidade de contratações temporárias, o planejamento logístico e as estratégias de marketing, que podem começar meses antes com o aquecimento para as promoções.

Ao estabelecer um período de campanha bem definido, todo o processo de preparação fica mais assertivo e organizado.

Além disso, comunicar essas datas pré-estabelecidas pode ajudar a evitar confusões sobre assuntos relacionados à disponibilidade e validade das promoções da sua loja.

Defina seus objetivos de campanha

Antes de mergulhar completamente na preparação da Black Friday, é necessário estabelecer metas para sua campanha.

Essas metas irão ajudar você a nortear as ações que serão desenvolvidas e também mensurar o sucesso delas posteriormente. Elas podem incluir:

  • Volume de vendas: Determine quantos produtos ou quanto pedidos você deseja vender durante a Black Friday. Com esse número definido ficará mais fácil planejar seu estoque e sua capacidade de atendimento;
  • Faturamento: Defina uma meta de receita para o período da Black Friday. Assim você pode determinar o quanto você precisa vender para atingir seus objetivos e planejar melhor as promoções que serão feitas;
  • Lucro líquido: Determine quanto lucro você deseja alcançar durante a Black Friday. Isso é essencial para garantir que suas promoções sejam lucrativas, afinal, não adianta vender mais e ficar no prejuízo;

Você também pode criar metas para a estratégia de marketing que você irá construir durante a campanha, definindo métricas para acompanhar o sucesso dessas ações, como:

  • Tráfego no site;
  • Abertura de e-mail marketing;
  • Taxa de conversão de anúncios;
  • Engajamento nas redes sociais.

Para ajudar na definição dessas metas você pode analisar os resultados do ano anterior, ou, se a sua loja for nova, os resultados de promoções de outras datas comemorativas, para entender quais as estratégias que você já aplicou que foram mais lucrativas.

Promoções

Conforme dados divulgados pela pelo panorama de consumo da Globo, 81% dos entrevistados disseram que para encontrar boas ofertas na Black Friday é importante pesquisar bastante. Ainda, 26% afirmaram que começam a pesquisar os preços e ofertas até 3 meses antes e 22% até um mês antes.

Com esses dados, fica evidente que é necessário começar a pensar na campanha da sua loja com bastante antecedência para atrair o melhor público possível, e aplicando estratégias para captar por meio de listas de espera ou aumentando o reconhecimento da marca.

Além disso, é importante ter em mente que falsas ofertas são facilmente descobertas pelos usuários que estão buscando fazer compras na Black Friday.

Portanto, planeje honestamente as promoções e campanhas da sua loja, buscando oferecer vantagens para os clientes e fidelizá-los com a sua marca.

Na hora de definir os produtos que entrarão em promoção na campanha, leve em consideração a margem de lucro, a viabilidade de oferecer um frete competitivo para o produto e as tendências do mercado.

Não basta simplesmente reduzir o preço de um produto de R$80 para R$40 durante a Black Friday.

É preciso compreender os efeitos dessa redução no seu fluxo de caixa e determinar quais itens são mais vantajosos para serem promovidos ou não.

Assim você garante uma campanha sustentável e lucrativa.

Frete grátis

Oferecer frete grátis é uma das principais estratégias para se destacar e sair na frente na Black Friday.

Segundo o relatório Ecommerce Trends 2024, o frete grátis é o principal determinante para os consumidores na hora de comprar online, tendo sido citado por 74% dos entrevistados na pesquisa.

Mas saber como oferecer frete grátis sem sair no prejuízo ainda é um grande desafio para 75% dos lojistas que usam o aplicativo SuperFrete.

Existem algumas estratégias simples que você pode adotar para trazer campanhas de frete grátis para a sua loja sem acabar comprometendo o seu lucro, como:

  • Frete grátis para compras acima de X reais;
  • Frete grátis para kits promocionais;
  • Frete grátis para regiões específicas;

Essas estratégias irão ajudar a aumentar o ticket médio das compras para que fique mais fácil absorver o valor do frete sem ficar no prejuízo.

Preparando a infraestrutura do seu e-commerce

Depois de todas essas informações, você já deve ter percebido o quanto a Black Friday pode impulsionar as suas vendas e aumentar o seu faturamento.

O primeiro passo para ter sucesso durante esse período comercial tão importante começa muito antes de novembro, preparando com antecedência a infraestrutura do seu e-commerce para as promoções e o aumento das vendas.

Nessa preparação é importante considerar fatores como estoque de produtos, logística e atendimento.

Gerencie o seu estoque

Planejar o estoque de produtos da sua loja é fundamental para aproveitar ao máximo essa data comercial.

Faça uma análise de quais produtos tiveram mais saída no ano anterior e quais os produtos com melhor margem de lucro para trabalhar com desconto, além de buscar quais são as tendências de mercado para este ano.

Essa também é uma ótima oportunidade para identificar se há estoque parado e trabalhar com promoções para esses produtos, ajudando no giro de estoque da sua loja.

E não esqueça de garantir que haja estoque suficiente para atender à demanda das suas ofertas, mas encontrando um equilíbrio para evitar excessos que possam resultar em encalhes pós-Black Friday.

Negocie com os fornecedores

Depois de planejar os produtos promocionais, busque as melhores negociações com os fornecedores.

Assim como você, eles também estão planejando aumentar as vendas para esse período de Black Friday, portanto, encomendando com antecedência e alinhando as necessidades é possível conseguir bons negócios.

Confira mais dicas para encontrar bons fornecedores para a sua loja assistindo o vídeo abaixo:

Planeje a logística de entregas

Garantir uma logística de entregas eficiente é fundamental para a satisfação do cliente durante a Black Friday.

Assim como no Natal e fim de ano, as entregas durante a Black Friday podem sofrer atrasos pelo aumento de envios, portanto, ter isso mapeado na hora de informar os prazos pode ser um grande diferencial para contribuir com a boa experiência do cliente.

Além disso, a demanda da sua loja também irá aumentar e é preciso ter o fluxo de embalagens e cotação de frete bem estabelecido.

Para isso, conte com um parceiro logístico para facilitar a gestão de fretes da sua loja. É possível centralizar o cálculo, emissão e rastreio de encomendas em uma única plataforma, como o aplicativo SuperFrete.

Além de facilitar todo o processo, o aplicativo ainda oferece modalidades exclusivas como o mini envios e até 80% de desconto no valor final de todas as etiquetas de envio emitidas, ajudando na estratégia de promoções ao reduzir o custo logístico.

Considere um reforço no atendimento

Durante o período da sua campanha de Black Friday, é provável que você receba um aumento no volume de atendimentos, seja pela plataforma que você utiliza para o e-commerce ou pelas redes sociais da sua loja.

Um atendimento ágil e eficiente pode fazer a diferença na satisfação do cliente, por isso, busque alternativas para manter um fluxo satisfatório mesmo com uma maior procura por atendimento.

Dentre as opções, é possível mapear as principais dúvidas que podem surgir para os seus clientes e investir em chatbots ou trabalhar com mensagens automáticas para responder essas dúvidas iniciais.

Se a sua loja tiver uma estrutura mais robusta é possível ainda, fazer contratações temporárias para ajudar durante este período.

Planeje os canais de venda

Além da sua loja virtual, você pode explorar outros canais de venda durante a Black Friday, como marketplaces, redes sociais ou até mesmo lojas físicas, se aplicável ao seu negócio.

Outra opção que pode ser explorada durante o período é o WhatsApp Business, a versão comercial do aplicativo que conta inclusive com um método de pagamento próprio, o WhatsApp Pay.

Caso decida optar por aumentar os canais de venda, certifique-se de que todos esses canais estejam integrados e funcionando sem problemas para evitar conflitos e garantir uma experiência consistente para o cliente.

👉Leia também: 9 dicas sobre como abrir um e-commerce de sucesso

Diversifique as formas de pagamento

Oferecer diversas formas de pagamento para que o cliente possa finalizar a compra na sua loja virtual é muito importante para aumentar a sua taxa de conversão.

Segundo o levantamento realizado pela Opinion Box, os meios de pagamento mais utilizados pelo brasileiro para as compras online são o cartão de crédito e o Pix.

Além disso, as carteiras virtuais também vêm ganhando espaço, sendo utilizadas por 48% dos entrevistados.

Na visão de quem vende o cenário é parecido, sendo o cartão de crédito a principal forma de pagamento que os lojistas pretendem oferecer, citado por 63% dos entrevistados pela Olist, seguido pelo Pix (38%) e cartão de débito (13%).

Então, na hora de planejar as ações de Black Friday da sua loja, considere integrar diversas formas de pagamento, desde as principais como cartão de crédito e Pix até as mais conhecidas como boleto e vendas parceladas.

Defina a política de trocas e devoluções

Ao aumentar o volume de vendas da sua loja é possível que as trocas e devoluções também aumentem neste período, por isso, é importante estar preparado e ter o fluxo da sua loja bem definido.

Nas compras online o cliente pode desistir da compra em até 7 dias corridos do recebimento da mercadoria, direito de arrependimento que está garantido pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A logística reversa, que é o frete de retorno da encomenda do endereço do cliente para o seu, é responsabilidade do e-commerce, portanto, deve ser considerado dentro das suas estratégias para a data.

Para implementar a política de trocas e devoluções, detalhe as condições sob as quais um produto pode ser trocado ou devolvido, os prazos para cada processo e como será o reembolso ou crédito. Depois, divulgue essas informações no site ou redes sociais da sua loja.

Invista na segurança virtual da sua loja

Como o volume de transações online aumenta consideravelmente durante a Black Friday, é crucial garantir a segurança das informações dos clientes. Qualquer incidente de segurança pode prejudicar gravemente a reputação da sua loja e a confiança dos consumidores.

Considere as boas práticas a seguir na preparação da infraestrutura do seu negócio:

  • Certificado SSL: certifique-se de que sua loja tenha um Certificado SSL (Secure Sockets Layer) instalado. Isso criptografa os dados transmitidos entre o navegador do cliente e o servidor da web, tornando as informações pessoais dos clientes mais seguras.
  • Proteção contra fraudes: utilize ferramentas antifraude para e-commerce para monitorar e prevenir atividades suspeitas na sua loja virtual. Isso pode incluir a verificação de endereços IP, padrões de compra incomuns e outras atividades fraudulentas.
  • Valide informações de pagamento: verifique cuidadosamente os detalhes de pagamento fornecidos. Isso envolve a validação do número do cartão de crédito, a verificação do código de segurança (CVV) e a análise dos endereços de cobrança e entrega.
  • Monitoramento em tempo real: esteja atento ao tráfego do seu site durante a Black Friday. Monitorar em tempo real pode ajudar a identificar possíveis ataques ou problemas de desempenho e respondê-los rapidamente.

Investir na segurança virtual não apenas protege seus clientes, mas também ajuda a manter a integridade da sua marca durante a Black Friday e em qualquer época do ano. A segurança é um aspecto fundamental para construir a confiança dos consumidores.

Estratégias de marketing para a Black Friday

Agora que você já preparou a infraestrutura do seu negócio e planejou quais as ofertas que você irá trabalhar durante esse período, é hora de pensar nas estratégias de marketing para atrair os consumidores.

Lembre-se de que é crucial garantir que suas ofertas sejam encontradas, especialmente considerando a concorrência acirrada durante esse período.

A busca por ofertas é feita de diversas formas pelos clientes. Dos consumidores entrevistados pela pesquisa divulgada pela Globo, 27% pesquisam as ofertas de Black Friday em sites de busca, como o Google, 25% através das redes sociais, 24% procuram por meio de sites especializados e 19% buscam em sites de comparação de preços.

Por isso, busque abranger diversos canais e fluxos de comunicação para facilitar que os clientes em potencial encontrem sua loja.

Confira abaixo algumas dicas para ajudar na preparação da sua estratégia:

Identidade visual da campanha de Black Friday

Desenvolver uma identidade visual exclusiva para sua campanha de Black Friday é uma maneira eficaz de destacar sua campanha e aumentar o reconhecimento da sua marca com os consumidores.

Além disso, ter uma identidade visual para a campanha vai ajudar você a manter uma comunicação única em todos os seus canais e ajudar também os clientes a identificarem as promoções do período.

Na hora de criar esse conceito, utilize cores e elementos gráficos que conversem com a identidade visual já estabelecida da sua loja, mas que também tragam um ar promocional para esse período.

Crie um calendário de divulgações da campanha

Ter um calendário de divulgações bem estruturado vai ajudar você a maximizar o impacto da sua campanha de Black Friday.

Para construir o seu calendário, defina em quais canais você irá se comunicar com os consumidores e planeje antecipadamente os conteúdos que serão disponibilizados.

Além disso, defina datas para a campanha, como o início das divulgações, datas para publicar as ofertas e até mesmo para tentar recuperar os clientes que não finalizaram a compra durante a campanha.

Loja virtual

A experiência do usuário na sua loja virtual pode potencializar muito os resultados da sua estratégia de Black Friday.

Aproveite os clientes que já estão navegando pelos seus produtos para ir captando uma lista de espera para as promoções da Black Friday e, durante a campanha, destaque as ofertas de forma atraente na página inicial e nas páginas de produtos.

Além disso, garanta que o seu site seja rápido, de fácil navegação e que informe tudo que os clientes precisam saber sobre os produtos para tomar a decisão de compra, além de oferecer uma área de checkout (finalização de pagamento) segura e com opções diversificadas de meios de pagamento.

 

Redes sociais

As redes sociais são parte fundamental da estratégia de uma campanha de Black Friday.

Você pode usá-las tanto para criar criar antecipação e engajamento em relação à Black Friday quanto para vender durante o período de ofertas.

Comece a divulgar suas promoções com antecedência, crie conteúdo relevante e envolvente relacionado aos produtos que você planeja vender e interaja com seus seguidores, respondendo as dúvidas que forem surgindo.

É possível utilizar as redes sociais como um termômetro para definir as promoções, testando o engajamento com cada produto antes de anunciar as ofertas.

Além disso, invista em conteúdo de provas sociais durante a campanha de Black Friday. Muitos clientes buscam entender a experiência de outros clientes antes de comprarem de uma loja que acabaram de conhecer.

👉 Leia também: Como vender pelo Instagram: estratégias para turbinar sua loja virtual

E-mail marketing

Utilize o e-mail marketing para criar a antecipação da sua campanha de Black Friday e ajudar a aumentar a conversão de vendas.

Você pode tanto trabalhar com captação de lista de interesse nas ofertas no seu site, quanto adicionar lembretes sobre a sua campanha nas comunicações que você já faz com seus clientes.

Certifique-se de que seus emails sejam visualmente atraentes e incluam chamadas à ação claras (CTAs).

👉 Saiba mais: Estratégias de e-mail marketing para seu e-commerce

Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio pode ser um ótimo aliado para conquistar visibilidade durante a Black Friday.

Para quem vende somente por meio das redes sociais ou marketplaces, é possível criar um site gratuito por meio da ferramenta para a sua loja e atrair mais visitas.

Para quem já tem loja própria, é possível criar publicações de ofertas e receber avaliações de clientes que já conhecem e gostam da sua loja, aumentando a confiança na marca.

SEO

O SEO (Search Engine Optimization) para e-commerce é uma estratégia fundamental para garantir que suas ofertas sejam encontradas pelos consumidores que pesquisam online.

Otimize suas páginas de produtos com palavras-chave relevantes para a Black Friday e inclua descrições detalhadas e atrativas.

Além disso, entenda a jornada do usuário no seu site, garantindo que ele tenha uma boa experiência e encontre todas as informações necessárias tanto sobre o produto quanto sobre a campanha de Black Friday.

Anúncios

Os anúncios pagos são uma maneira eficaz de direcionar os consumidores para suas ofertas de Black Friday.

É possível trabalhar por meio do Meta ADS com anúncios nas redes sociais como Facebook e Instagram com campanhas de alcance e conversão, tanto para aumentar a confiança na marca quanto para levar os consumidores até as páginas de promoção da sua loja virtual.

Além disso, é possível trabalhar no Google ADS com campanhas de search (pesquisa por palavras chave no Google) ou shopping (sessão de ofertas na página de resultados de pesquisa do Google) para atrair os clientes que utilizam o Google para pesquisar o preço dos produtos ou campanhas de display para atrair consumidores de toda a internet.

Para essa estratégia, defina um orçamento adequado e crie anúncios atraentes que destaquem suas melhores ofertas. Acompanhe o desempenho dos anúncios e ajuste sua estratégia conforme necessário.

É importante ter em mente que durante o período de Black Friday, devido ao aumento de empresas anunciando, o custo para rodar anúncios também costuma aumentar.

Por isso, planejar a estratégia de ADS é fundamental para otimizar o orçamento disponível e maximizar o retorno.

Parcerias com sites especializados

Se você vende produtos de ticket alto, como smartphones e eletrônicos, investir em parcerias com sites especializados do nicho pode ser uma ótima estratégia para aumentar as vendas na Black Friday.

Consumidores que estão buscando esse tipo de produto costumam pesquisar mais antes de concluir a compra e, por isso, a indicação de um site ou blog com autoridade no mercado pode fazer toda a diferença para que a oferta escolhida seja a sua e não a de algum concorrente.

Parcerias com influenciadores

Assim como os sites especializados, as parcerias com influenciadores (também conhecidas como collabs)  podem ser ótimas para aumentar a confiança dos consumidores na sua loja.

Para esta estratégia, encontre influenciadores que se alinhem com seus produtos e com o seu público. Avalie também o engajamento dos seguidores para considerar o retorno.

Lives

As transmissões ao vivo, como Lives no Instagram, ganharam muita popularidade como ferramentas de marketing nos últimos anos.

Na Black Friday, você pode aproveitar essa tendência para engajar seus clientes de forma mais direta, até mesmo aliando essa estratégia com a de parceria com influenciadores.

Crie conteúdos ao vivo relacionados aos seus produtos em oferta. Durante essas transmissões, você pode demonstrar os produtos, responder a perguntas dos espectadores e oferecer descontos exclusivos para quem estiver assistindo.

Como se organizar para o período da campanha de Black Friday?

Você já preparou a infraestrutura da sua loja, está com o estoque pronto, traçou as metas de faturamento da campanha e planejou suas estratégias de marketing. Agora é hora de se organizar para o período da campanha.

Confira as dicas abaixo para garantir que tudo ocorra da melhor forma.

Monitore o desempenho da campanha

Durante a Black Friday, é essencial monitorar constantemente o desempenho de suas vendas e campanhas de marketing.

Você pode utilizar ferramentas de análise como o Google Analytics e Insights das redes sociais para rastrear o tráfego, as conversões, as taxas de cliques e outras métricas relevantes.

Um ponto muito importante é que pode ser necessário fazer ajustes durante a campanha, com base nos dados em tempo real para otimizar seus resultados.

Como analisar os resultados da sua campanha?

Campanha encerrada, é hora de avaliar como sua campanha se saiu e aprender com os resultados para poder aplicar os aprendizados nas próximas datas comerciais.

Veja se suas metas foram alcançadas

Revisite as metas que você traçou lá no início do planejamento das ações de Black Friday e veja se você alcançou ou não os resultados projetados.

Caso não tenha alcançado algum, analise as possíveis hipóteses e anote os aprendizados obtidos.

Compare os resultados com o ano anterior

Outra forma de analisar os resultados da campanha é comparando o desempenho da Black Friday atual com as edições anteriores.

Analise as métricas de vendas, receita e lucro para identificar tendências e áreas de melhoria. Isso ajudará você a ajustar sua estratégia para o próximo ano.

Calcule o retorno do investimento

Não esqueça de avaliar o ROI (Retorno sobre o Investimento) de suas campanhas de marketing e promoções.

Essa análise ajudará você a determinar quais estratégias foram mais eficazes e trouxeram mais lucro, o que vai ajudar você a tomar decisões nas próximas campanhas que for planejar para seu e-commerce.

Como fidelizar os clientes da Black Friday

Após finalizar a campanha de Black Friday, é hora de trabalhar na fidelização dos clientes que você atraiu para a sua loja.

Manter um relacionamento com os clientes conquistados durante a campanha vai ajudar a aumentar ainda mais o retorno sobre as estratégias que você aplicou, além de ajudar a aumentar o faturamento mensal após o período, também.

Faça um bom atendimento pós-vendas

Após o envio dos produtos comprados durante a campanha, continue oferecendo um excelente atendimento ao cliente após a Black Friday. Lembre-se que a venda não termina no momento da postagem do pacote.

Acompanhe o rastreio da encomenda e garanta que os produtos sejam entregues conforme prometido.

Além disso, esteja disponível para resolver quaisquer problemas ou dúvidas que os clientes possam ter.

Um bom atendimento de pós-venda é uma das melhores estratégias na fidelização do cliente, afinal, oferecer uma boa experiência é fundamental para que o cliente queira voltar a fazer negócio com sua loja.

👉 Leia também: Customer care: conheça 3 soluções para seu e-commerce

Ofereça cupons e vantagens para os novos clientes

Segmente os clientes que tiveram a primeira compra na sua loja durante o período de Black Friday e crie incentivos para que eles voltem a comprar.

Vale oferecer cupons de desconto exclusivos, frete grátis para a próxima compra e até convite para participar de programas de fidelidade exclusivos.

Essas vantagens oferecidas irão estimular que o cliente compre novamente na sua loja e iniciem um relacionamento com a sua marca.

👉 Leia também: Como fidelizar clientes: 7 dicas para sua loja virtual

Dicas extras para aumentar o seu faturamento

Além de todas as dicas que você conferiu para planejar e executar uma campanha de sucesso, outras pequenas coisas podem ajudar você a aumentar a lucratividade do seu e-commerce durante esse período e atrair ainda mais clientes.

Além disso, também é possível aumentar as vendas e aproveitar os esforços feitos durante a campanha de Black Friday mesmo após o fim do período que você planejou.

Confira algumas dicas extras:

Ganhe cashback para o frete com o programa Amigo Super

Ao contar com o aplicativo SuperFrete como plataforma logística para fazer os envios das suas encomendas, além de facilitar toda a gestão de fretes e conseguir descontos de até 80% no valor final da etiqueta, você também pode acumular cashback nos meses anteriores à Black Friday para reduzir o custo das campanhas de frete grátis.

Com o programa de indicação Amigo Super, você ganha cashback direto no saldo do app SuperFrete sempre que indica um lojista para usar o aplicativo. Assim, você consegue oferecer frete ainda mais barato para seus clientes.

👉 Saiba como indicar lojistas e ganhar dinheiro com o app SuperFrete.

Considere prorrogar seu período de promoções

Se sua campanha de Black Friday for bem-sucedida, considere estender suas promoções por alguns dias ou semanas após a data oficial, caso você ainda tenha estoque para sustentá-la por mais um período.

Segundo a pesquisa sobre a Black Friday 2023 da Olist, 3% dos consumidores vão deixar para fazer as compras de Black Friday depois da data oficial.

Isso pode aproveitar o impulso das vendas e atrair clientes que não conseguiram fazer compras durante o evento principal.

Faça uma queima de estoques

Se você ainda tiver estoque remanescente após a Black Friday, considere fazer uma queima de estoque para liquidar esses produtos e evitar ficar com estoque parado.

Vale oferecer descontos adicionais e promoções especiais para atrair os consumidores de volta para as suas ofertas.

Checklist para a Black Friday

Você já aprendeu como planejar uma campanha para aumentar as vendas durante a Black Friday, desde a preparação da infraestrutura até estratégias de pós vendas após o período.

Agora, é hora de colocar todos esses aprendizados em prática na sua loja virtual. E, para ajudar você, montamos um checklist resumido com todas as etapas que você precisa considerar:

Etapa 1: preparação Pré-Black Friday

  1. Defina o período da campanha: defina a data de início e a data de término da sua campanha de Black Friday.
  2. Determine seus objetivos de campanha: estabeleça objetivos de vendas, faturamento e lucro desejados durante a Black Friday, além de métricas para acompanhar as ações de marketing que serão desenvolvidas.
  3. Defina as promoções: planeje quais os produtos que entrarão em promoção, analisando as tendências de mercado e a lucratividade de cada promoção.
  4. Confira o estoque: analise os produtos mais vendidos no ano anterior e quais têm margens de lucro mais atrativas. Garanta um estoque suficiente, evitando excessos.
  5. Planeje a logística de entregas: encontre um parceiro logístico, como o app SuperFrete, que facilite a gestão de fretes, garantindo que as entregas sejam feitas no prazo durante a Black Friday.
  6. Reforce o atendimento ao cliente: prepare alternativas para lidar com o aumento da procura e de atendimentos durante o período de vendas.

Etapa 2: estratégias de marketing

  1. Identidade visual da campanha: desenvolva uma identidade visual atraente e única para sua campanha de Black Friday.
  2. Diversificação de canais: utilize diversas formas de marketing, como redes sociais, SEO, anúncios e email marketing, para aquecer as promoções e alcançar o maior número de potenciais clientes.
  3. Parcerias estratégicas: considere colaborações com sites especializados, influenciadores e realização de lives para aumentar a visibilidade de sua campanha.

Etapa 3: durante a Black Friday

  1. Diversidade de pagamento: ofereça diversas opções de pagamento para melhorar a conversão de vendas, incluindo cartões de crédito, Pix, boleto e parcelamento.
  2. Política de trocas e devoluções: esteja preparado para lidar com trocas e devoluções de produtos, definindo prazos e condições claras para seus clientes.
  3. Segurança virtual: garanta que seu site esteja protegido contra fraudes e ataques, proporcionando uma experiência segura para os compradores.

Etapa 4: análise de resultados pós-campanha

  1. Compare de resultados: avalie o desempenho da Black Friday em relação ao ano anterior, identificando áreas de melhoria.
  2. Verifique se você atingiu as metas: analise o ROI de sua campanha, considerando custos e receitas, para entender a eficácia de suas estratégias e veja se você atingiu os objetivos traçados lá no início do planejamento.
  3. Anote os aprendizados: após fazer as análises de resultado e comparativos, anote os aprendizados que você teve durante a campanha, para facilitar o planejamento de campanhas futuras.

Com essas dicas você já pode começar a construir a sua campanha para conquistar mais vendas e novos clientes durante a data comercial.

Ah, lembre-se de personalizar este checklist de acordo com as necessidades específicas de sua loja virtual, entendendo o que é ou não necessário para o seu modelo de negócios.

 

Ainda não conhece a SuperFrete? Conheça todas as vantagens que temos para o seu e-commerce.

Acompanhe todas as novidades e lançamentos da SuperFrete no Instagram, Linkedin, Twitter, Youtube, Facebook e TikTok.