Skip to content

Plataforma de e-commerce: saiba como escolher a ideal [Guia Completo]

Está pensando em criar uma loja virtual e percebeu que há muitas opções e elementos a serem analisados? Não sabe por onde começar ou como comparar serviços até encontrar a plataforma de e-commerce ideal para criar sua loja online?

Você chegou ao conteúdo certo, pois vamos  te ajudar a saber como iniciar suas pesquisas e escolher qual solução faz mais sentido para o momento da sua jornada empreendedora.

Separe o bloco de anotações e venha com a gente neste este guia completo que vai te mostrar a direção certa para ter sucesso no e-commerce!

O que você vai encontrar por aqui:

O que é uma plataforma de e-commerce?

Plataforma de e-commerce é um software, uma tecnologia feita para criar loja virtual de forma mais fácil e rápida através de recursos em um sistema de vendas que possam ser personalizados pelo usuário sem que seja preciso entender de desenvolvimento de sites.

A hospedagem do site, personalização de páginas de produto, estoque — ou no caso do dropshipping, a falta dele — meios de pagamento e carrinho de compras, são alguns exemplos de funcionalidades disponíveis através de uma plataforma de e-commerce.

Por isso, esse tipo de plataforma reúne todos os recursos, ferramentas e ecossistema necessários para a criação, manutenção e operação de uma loja virtual.

Em outras palavras, a criação de um site de vendas através de uma plataforma de e-commerce permite criar a loja virtual, cadastrar os produtos, fazer a escolha dos meios de pagamento e entrega dos pedidos.

O mercado conta com uma infinidade de opções de plataformas de e-commerce que podem ser contratadas através de planos de assinatura que variam conforme o nível da loja virtual a ser criada.

Algumas empresas oferecem planos gratuitos para começar uma loja virtual. Além disso, há alternativas de plataformas de e-commerce com software de código aberto,  (ou open source) que são disponibilizadas totalmente de graça.

superfrete-1

Integre sua loja virtual com a SuperFrete

Acerte na escolha da plataforma de e-commerce e na integração ideal.

Integre seu site com a SuperFrete e ofereça fretes até 80% mais baratos para seus clientes.

 

O que é necessário saber ao abrir um e-commerce?

Muitas pessoas têm encontrado nas vendas pela internet a chance de começar a empreender com o próprio negócio.

Mas antes de decidir ingressar no e-commerce é necessário entender alguns pontos básicos, como a diferença entre as palavras e-commerce e loja virtual, por exemplo.

🎯Acesse também: Guia de Estratégias de Vendas Online

Qual a diferença entre e-commerce, loja virtual e marketplace?

Apesar de serem usadas como sinônimos, e-commerce e loja virtual podem representar atuações diferentes dentro do universo de vendas online, assim como os marketplaces.

Confira em detalhes as semelhanças, diferenças e características de cada segmento:

O que é e-commerce?

E-commerce é toda e qualquer forma de venda pela internet. Por ser o termo mais amplo, e usado comumente como sinônimo para vendas em diversos canais, a palavra “e-commerce” é o guarda-chuva que engloba todos os tipos de vendas online.

Empreendedores que vendem somente nas redes sociais já são considerados vendedores virtuais, pois o comércio no Facebook, Instagram e WhatsApp, são considerados também canais de e-commerce.

💡Leia também: 10 nichos que mais vendem na internet para lucrar em 2024

O que é loja virtual?

As lojas virtuais também estão sob o “guarda-chuva” de e-commerce, a diferença é que as vendas acontecem em um site próprio, ou seja, a loja possui um site exclusivo somente da marca.

Este site pode ter sido criado através do serviço de uma pessoa desenvolvedora ou através de uma plataforma de e-commerce.

O que é marketplace?

O marketplace é outro meio de vendas dentro do ramo de e-commerce, a diferença é que caracteriza uma espécie de shopping center que reúne vários vendedores no mesmo lugar, ou seja, no mesmo site.

Mercado Livre, Shoppe, Amazon, Magalu, Ponto Frio, Shoppe e Shein são exemplos de marketplaces que apresentam produtos de diversos lojistas que formam juntos uma vitrine conjunta e compartilhada.

Em resumo, antes de tomar qualquer decisão para o seu negócio, é fundamental compreender o que cada um desses termos significa individualmente e como se complementam em uma estratégia de e-commerce.

Afinal, como acabamos de ver, você pode ter um e-commerce mesmo sem ter uma loja virtual. Da mesma forma é possível vender nas redes sociais, ter uma loja virtual e também estar presente em marketplaces.

💡Saiba mais: Marketplace: o que é, como funciona e quais as vantagens?

Como escolher plataforma de e-commerce para montar loja virtual

O mercado brasileiro oferece dezenas de opções de plataformas de e-commerce para criar loja virtual, por isso é essencial saber quais funcionalidades são mais comuns e quais necessidades devem ser atendidas para criar seu site através dessa tecnologia.

Não sabe por onde começar ou o que avaliar no momento de escolher a plataforma de e-commerce ideal para criar sua loja virtual?

Confira o checklist que preparamos para você entender o que considerar e quais recursos não podem faltar na plataforma escolhida:

  1. Personalização da loja virtual
  2. Integrações com outras plataformas
  3. Design responsivo
  4. Segurança
  5. Planos e preços
  6. Suporte ao cliente
  7. Diversidade nos meios de pagamento
  8. Opções de SEO
  9. Modelos de layout personalizáveis
  10. Recursos de envio de encomendas
  11. Reputação

1 - Personalização da loja virtual

Um dos principais objetivos de criar uma loja virtual através de uma plataforma de e-commerce é a praticidade e facilidade de você poder criar e personalizar seu negócio mesmo sem conhecimentos técnicos.

Mas como isso acontece na prática? As plataformas apresentam uma série de modelos prontos que podem ser modificados  e adaptados conforme as preferências e necessidades do lojista.

Pesquise sobre a quantidade e a qualidade dos modelos prontos (templates e layout) de personalização que cada plataforma oferece.

Confira a seguir alguns exemplos de itens personalizáveis para procurar entre as possibilidades de personalização do design da sua loja virtual:

📌Layout 100% personalizável

📌Primeira página da sua loja virtual (home)

📌Cabeçalho e rodapé da página

📌Catálogo de produtos

📌Recursos para a personalização de banners, cupons de desconto

2 - Integrações com outras plataformas

Apesar de precisar oferecer aos vendedores os recursos extras para o funcionamento da loja virtual, a plataforma de e-commerce não precisa, necessariamente, ter essas funcionalidades desenvolvidas por ela própria.

Essa conexão entre a plataforma de e-commerce e soluções/tecnologias serve para oferecer mais serviços como meios de pagamento e aplicativos de frete, por exemplo, que funcionam via integração com sistemas parceiros.

Seu negócio vai precisar de todas as integrações disponíveis no mercado? Provavelmente não, o importante aqui é conferir ferramentas de operação disponíveis para ter múltiplas opções de escolha entre integrações úteis para o seu negócio.

É comum encontrar, inclusive, lojas de aplicativos dentro das plataformas de e-commerce que facilitam tanto a identificação dos serviços e a conexão desses sistemas com as lojas virtuais.

Essa é uma praticidade extra interessante, afinal, você pode integrar sua loja com a quantidade que julgar necessária para atender o momento e operação do seu site de vendas.

Veja alguns exemplos de ferramentas que podem ser integradas à sua loja virtual através da plataforma de e-commerce escolhida:

📌Meios de pagamento

📌Marketplaces

📌ERPs e aplicativos de gestão de vendas

📌Hubs de marketplaces

📌Plataformas de frete e logística

📌Aplicativos de comunicação

📌 Redes sociais e outros canais de vendas

📌Google Analytics e Google Search Console

3 - Design responsivo

Cada vez mais o público faz as compras diretamente pelo celular. Mas para que essa experiência seja satisfatória, e realmente leve à conclusão do pedido, é necessário que as páginas da loja virtual fluam bem, sem fazer o consumidor ter dificuldades para navegar pelo catálogo.

Assim, certifique-se de que a plataforma de e-commerce oferece uma navegação de qualidade desde a home do site até o fechamento da compra no carrinho de compras.

4 - Segurança

Para receber pagamentos, uma loja virtual solicita e armazena dados pessoais e informações de cartões de crédito/débito dos clientes.

Com isso, é fundamental que a plataforma onde sua loja será criada garanta a segurança contra vazamento de dados.

Com a regulamentação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), a maioria dos softwares do ramo ampliou as diretrizes de segurança.

Ainda assim, vale verificar se a plataforma escolhida possui suporte SSL, que são certificados de segurança obrigatórios e conferem maior credibilidade e segurança aos visitantes da sua loja.

5 - Planos e preços

Outro item que não pode faltar na avaliação de qual plataforma de e-commerce contratar é o preço. No caso dos sistemas pagos, é possível escolher a taxa de adesão e o plano que se encaixa no momento e grau de maturidade do seu negócio.

E até mesmo nesses sistemas há planos gratuitos, focados em quem está em estágio inicial.

Vale saber ainda que, além da mensalidade, as plataformas de e-commerce cobram tarifas pelas vendas feitas no sistema. O mesmo acontece com os marketplaces, que também cobram uma taxa em cada item comercializado.

Portanto, um bom comparativo deve incluir tanto os valores das mensalidades quanto o valor ou percentual de taxas por mercadoria vendida.

Alguns planos operam com limite de visitas e ou de produtos vendidos, o que faz desse ponto mais um requisito relevante ao comparar plataformas de e-commerce. Coloque essa verificação na sua lista!

6 - Suporte ao cliente

Mesmo que tudo funcione bem, é sempre interessante contar com ajuda quando necessário, não é mesmo? Se você tiver alguma dúvida, ou problema com a loja virtual, o atendimento da plataforma deve te ajudar a resolver adversidades de forma especializada.

Procure saber como o suporte ao cliente funciona, o horário de atendimento e confira a oferta de atendentes da plataforma.

7 - Diversidade nos meios de pagamento

Uma das maiores preocupações que se deve ter para vender online é oferecer variedade nas formas de pagamento. Como os clientes têm preferências distintas, é crucial que sua loja virtual ofereça diversidade em meios de pagamento para não perder vendas.

As plataformas de e-commerce podem ter esse serviço de duas maneiras: desenvolvidas nativamente na plataforma ou através da integração com meios de pagamento.

Para garantir uma maior cobertura de opções, é comum que as plataformas trabalhem com integrações para oferecer uma gama maior de meios de pagamento: PagSeguro, Paypal, Mercado Pago, PicPay, Moip, PagHiper e Getnet, e várias outras.

Analise quais integrações a ferramenta disponibiliza e se as principais formas de pagamento: pix, cartões de crédito/débito, boleto bancário, link de pagamento, entre outros, estão contempladas no pacote.

💡Saiba mais: Formas de pagamento para loja virtual

8 - Opções de SEO

SEO é uma sigla em inglês e, que traduzida, significa Otimização para Motores de Busca. Em outras palavras, é um conjunto de técnicas usadas para posicionar páginas nas melhores posições dos buscadores, como o Google.

No e-commerce, a otimização em SEO é essencial, pois impacta na geração de tráfego orgânico (sem pagar por anúncios) das páginas e produtos da loja virtual, gerando e aumentando as vendas.

Além de permitir o emprego de técnicas de SEO na loja virtual de forma facilitada, o ideal é que as plataformas de e-commerce já ofereçam suporte para a configuração de ferramentas de análise de SEO como o Google Analytics e o Google Search Console.

Então, cheque como funciona a otimização em SEO das plataformas antes de fazer sua escolha, ok?

9 - Modelos de layout personalizáveis

Para criar conexão com o seu público, seu negócio deve ter uma identidade própria refletida no layout/visual (design gráfico, disposição dos elementos visuais) da sua loja virtual.

Geralmente, conforme o plano escolhido é possível criar o visual da loja através de modelos pré-personalizados e que podem ser adaptados conforme as preferências do empreendedor.

Existe também a possibilidade de optar por planos em que seja oferecida a criação de layouts totalmente do zero.

10 - Recursos de envio de encomendas

Uma das integrações mais importantes que devem ser oferecidas pelas plataformas de criação de lojas online é a com soluções de logística e envio dos pedidos.

Isso quer dizer que ao comparar plataformas de e-commerce, verifique quais as integrações ela possui, como por exemplo, com plataformas de entrega de encomendas, como o app SuperFrete que permite gerar etiquetas de envio com até 80% de desconto,

11 - Reputação

Um termômetro que pode ajudar a investigar o grau de satisfação dos usuários é conferir as menções e a reputação da empresa em portais de reclamações. Um dos mais conhecidos é o Reclame Aqui.

Comunidades e fóruns nas redes sociais também são fontes de informação que valem ser consultadas.

Pesquise o que outros lojistas falam sobre as plataformas que usam, quais são as mais usadas, as mais recomendadas e quais são os problemas relatados mais recorrentes e com quais plataformas.

Quais as melhores plataformas de e-commerce?

Agora que você já viu como comparar os serviços e o que procurar no momento de fazer sua escolha, confira também algumas da principais plataformas de e-commerce:

WooCommerce WordPress

Apesar de ser um plugin para WordPress, o WooCommerce está entre as alternativas de plataforma de e-commerce de código aberto mais populares para criar e administrar lojas virtuais.

Para entender melhor, o WordPress é um CMS (Content Management System), que traduzido, significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo que permite a criação de páginas na internet como blogs, sites e e-commerces.

Já o WooCommerce é um plugin, ou seja, um código que é inserido no WordPress e atua como uma extensão que amplia as funcionalidades do site principal.

Mas não se engane, apesar de parecer simples, as duas ferramentas juntas oferecem uma vasta gama de recursos para a operação de lojas virtuais.

💡Saiba mais: Como integrar sua loja WooCommerce com a SuperFrete

Nuvemshop

A Nuvemshop é uma das maiores plataformas de e-commerce da América Latina e possui planos pensados para atender diversas etapas da jornada empreendedora, incluindo uma assinatura grátis para lojistas iniciantes.

A solução conta com um ecossistema completo de ferramentas e funcionalidades que vão desde serviços próprios como oferecidos via integração.

Na loja de aplicativos da plataforma, você encontra mais de 150 apps para integrar, além de soluções próprias como o Nuvem Pago (meio de pagamento), Nuvem Envio (intermediador de fretes), Nuvem Pay (carteira digital) e Nuvemshop Next (sistema de expansão para atender quem já vende mais de R$ 100/mês).

Na Nuvemshop, todos os planos ofertados possuem quantidade ilimitada de produtos, vendas e visitas.

Não há cobrança de taxas nas transações feitas pela solução de pagamentos nativa, o Nuvem Pago, mas há incidência de tarifas adicionais nos pagamentos realizados em outros intermediadores de pagamento.

 

💡Leia também:

 

Shopify

A Shopify é outra plataforma de e-commerce internacional e está presente em mais de 170 países, incluindo o Brasil, formando a maior comunidade de comércio eletrônico do mundo.

Com suporte para e-commerces e lojas físicas, a Shopify possui três planos principais direcionados para empreendedores iniciantes, intermediários e avançados, todos com avaliação gratuita de até três dias.

A cobrança das assinaturas é feita em dólar e não há cobrança de taxas de transação quando as lojas usam a ferramenta própria de pagamentos, o Shopify Payments.

Entretanto, vale consultar os valores adicionais cobrados no uso de provedores de pagamento terceiros e que têm percentuais diferentes em cada um dos planos.

 

💡Saiba mais: Como integrar a SuperFrete na plataforma Shopify?

 

VendiZap

A VendiZap é mais uma opção para criar a sua loja virtual de forma simples e começar a ter resultados com as vendas online. Você pode cadastrar os produtos do catálogo da sua loja, compartilhar o link da sua vitrine virtual com os clientes e receber os pedidos tendo pelo app da VendiZap quanto via WhatsApp

A plataforma VendiZaP tem duas opções de planos, o Essencial e o Profissional, para que você possa escolher a que faz mais sentido para o seu negócio. 

 

Loja Integrada

A Loja Integrada é outra opção de plataforma de e-commerce com planos que incluem a oportunidade de criar uma loja virtual para iniciantes de graça. Ao todo, cinco tipos de mensalidades oferecem soluções adaptadas para cada estágio do negócio.

Além da taxa de assinatura, que pode ser paga mensal ou anualmente, a Loja Integrada limita a quantidade de produtos ativos e visitas por mês em quatro dos cinco planos.

Por exemplo, no plano Gratuito, o limite é de 50 produtos ativos e 5 mil visitas mensais. No caso de vendedores que ultrapassarem essas quantidades, o recomendado é prosseguir com a atualização para um plano que suporte o número de pedidos e visitantes.

Assim como os outros sistemas para criação de lojas virtuais, a Loja Integrada também oferece uma série de integrações e recursos para qualificar o funcionamento do site de vendas.

WIX.com

Também é possível criar e gerenciar lojas virtuais através da plataforma de e-commerce Wix.com. A tecnologia permite que usuários façam um registro para criarem um site básico de vendas de graça.

Quem quiser acessar os recursos Premium do Wix e elevar o grau de personalização da loja pode escolher um dos oito planos pagos divididos para atender os diferentes estágios de negócios.

Assim como outras soluções no mercado, com a Wix, os lojistas podem escolher quais ferramentas e recursos extras fazem sentido adicionar ao seus sites na loja de aplicativos.

Magento

Empreendedores interessados em criar uma loja virtual podem utilizar também a plataforma Magento, uma das opções mais robustas do mercado. Assim como o WordPress, o Magento é um Gerenciador de Conteúdo (CMS) que disponibiliza uma série de funcionalidades em código aberto, ou seja, gratuitamente.

Adquirida pela Adobe em 2018, é possível configurar os módulos da loja virtual Magento através de plugins e acessar uma série de aplicativos e extensões para aumentar os recursos e funcionalidades da loja online

Entretanto, com o grau de complexidade dessa alternativa pode ser necessário ter conhecimentos mais avançados para criar uma loja do zero ou precisar recorrer a uma empresa/profissional de desenvolvimento/programação.

VTEX

O sistema VTEX  é amplamente reconhecido no ecossistema de plataformas de comércio digitais B2B (negócios para negócios) e B2C (negócios para clientes).

Posicionada no mercado como uma solução all-in-one, que significa “tudo em um”, a plataforma se destaca como um sistema de comércio unificado para que a gestão do negócio seja feita toda em um só lugar.

Projetada para oferecer uma experiência omnichannel (multicanal) e ter diversas funcionalidades nativas, a plataforma também permite a integração com os aplicativos e serviços mais usados no mercado.

Comece sua loja virtual do jeito certo!

Ufa, que maratona, hein? Mas se você chegou até aqui é porque tem certeza de que criar uma loja virtual será um passo importante em sua jornada empreendedora.

E para colocar seu negócio na direção do sucesso você precisa integrar o seu site com a plataforma SuperFrete, a solução ideal para aumentar seu faturamento e transformar o envio de seus pedidos em diferencial competitivo.

Vantagens de integrar sua loja virtual com a SuperFrete:

✅Ofereça fretes em todas modalidades dos Correios com até 80% de desconto;

✅Calcule fretes em segundos e emita etiquetas de envio direto no seu site;

✅ Rastreie pedidos em tempo real;

✅Simplifique sua logística e economize tempo para se dedicar a outras frentes;

✅Gerencie fretes e vendas em um só lugar.

Aumente seu faturamento e escale as vendas integrando sua loja virtual com a plataforma de fretes com os preços mais baratos do país.

Conheça agora mesmo as integrações da SuperFrete com as principais plataformas de e-commerce e site próprio e leve seu negócio a um novo patamar de eficiência e lucratividade.

 

Acompanhe todas as novidades e lançamentos da SuperFrete no Instagram, Linkedin, Twitter, Youtube, Facebook e TikTok.